o Patrício de Marrazes e os cepos

CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS! CEPOS!

Fomos com a possibilidade de apuramento direto!
Em 9 resultados possíveis, havia 1 que nos retirava o apuramento direto!
E foi esse que aconteceu!
Fomos avisados logo no início da entrada forte da Dinamarca! Um golo anulado foi um aviso que não foi tido em consideração!
Foi a confirmação de um desmoronamento que antes de o ser, já o era.
Parece que não foram apenas alguns jogadores que evaporaram (ver aqui), mas também os jogadores que estiveram em campo provaram que é possível assumir este estado em qualquer local. O que mais custa, não é perder... é perder com esta atitude miserável!
Assim, atribuiria os seguintes prémios:
Prémio MCC (maior cepo em campo): Carlos Martins, Helder Postiga e toda a defesa (toda a equipa tem que defender)!
Prémio Prima Donna ou "Eu Contra o Resto do Mundo, Como é Meu Apanágio". CR7.
Claro que todos, excepto o Patrício de Marrazes, merecem o prémio MCC.
Mesmo o Paulo Bento merecia o prémio MCC-Banco. Note-se que Paulo Bento tem tido um bom desempenho, mas neste jogo reagiu tarde! E demonstrou teimosia!
Será que há alguma maldição que o coloca sempre no 2.º lugar? Podia ser o melhor 2.º lugar!  
Como sempre, ficámos a partir de determinado momento mais esperançados na Holanda do que em Portugal. O facto é que ainda não estamos apurados. Dinamarca ganha a 10 cepos + 1!
Agora, é esperar que voltem o Pepe e o Coentrão! Ver quem é o adversário! E voltar a ter esperança! Se houver uma mudança de atitude...
Enviar um comentário