Coisas dos enganos e desenganos



Estou habituado a, durante a semana, usufruir dos designados menus, seja em centros comerciais ou em restaurantes. A maioria das situações tem um pacote constituído por sopa + prato + café + pão + bebida. A grande diferença está normalmente relacionada com a bebida. Há uns dias, fui almoçar ao DS. Na viagem entre Aveiro e Coimbra, resolvi contribuir para a economia local da minha terra de origem. Já não conheço bem os locais onde podem haver estas diárias, mas escolhi o local baseado no critério paisagem, sabendo que existe o conceito de menu.
Sentei-me, almocei e usufrui de uma paisagem bem agradável. No final, estava já com 6,00€ preparados, quando a dolorosa foi também surpreendente: 7,20€. "Desculpe, mas o menu é de 6,00€?" As empregadas neste estabelecimento são todas simpáticas (a excepção é um senhor que costuma estar dentro do balcão com um ar de que todo o mundo lhe deve alguma coisa), e não me surpreendeu quando foi simpática e bastante cordial, talvez até compreensiva, quando me diz:" O menu é 6€, mas a bebida é 1,20€"! E reparo que de facto, o menu é composto por tudo, menos a bebida. Tanso! O pacote do DS é original! Diferente! Criativo! É o que dá ler na diagonal! Tirei mais umas moedas do bolso, sem esboçar sequer qualquer protesto, mas com um sorriso amarelo que, não sei se só eu é que o vi, ou se a simpática e cordial empregada também o detetou. Mais do que o 1,20€ custou a sensação de ter sido enganado, embora depois tenha havido o desengano necessário.
Formalmente , não fui enganado. Mas sinto-o. Não querendo deixar de beneficiar do local aprazível, o melhor é ir lá no fim da refeição beber um café, que nesse caso não haverá enganos e desenganos. Se o IVA o deixar!
Enviar um comentário