el corte inglês: restaurante a taverna

Há uns dias fui ao "el corte inglês" de Gaia com dois colegas, um dos quais fã incondicional do local. O nosso objectivo, depois de uma sessão de trabalho, era unicamente almoçar. Habituado que estou a centros comerciais, lá fui com expectativas em nada maiores do que um almoço num Jumbo, ou Continente, ou coisa que o valha. Mas fomos a um restaurante, que se não me engano, se chama a Taverna.

Surpreendente. É claro que não é um restaurante de centro comercial. Apenas está situado num centro comercial. Desde a simpática recepção, sem impingir qualquer mesa, mas deixando calmamente que tomássemos as nossas opções, até à paciência e disponibilidade permanente demonstradas, provou ser um restaurante com grandes qualidades. Não forçaram entradas, fomos nós que pedimos e tinham vinho tinto de qualidade servido a copo, em copos de vinho.

Os secretos de porco estavam óptimos, com a ressalva de que não me agradam batatas fritas redondas. O polvo à lagareiro também tinha bom aspecto. Enfim, uma refeição de luxo inesperada, num local a que nunca iria por iniciativa própria. É bom usufruir destes momentos inesperados.
Enviar um comentário