como educar crianças mal educadas

Enviaram-me este texto e penso que pode ajudar-nos, pais e educadores, a conhecer algumas táticas que nos ajudem a educar os nossos filhos:


"Cada vez mais cedo as crianças se manifestam quanto as suas vontades, sendo que elas se atualizam e descobrem as coisas muito rápido. É nessa ocasião que, muitas vezes, eles podem passar dos limites e deixar os pais loucos, sem saber o que fazer para conte-los. Então é aquela bagunça, aquela gritaria e claro, a desobediência que se manifesta de uma forma bem incontrolável. A tendência de muitos pais é ficar sem saber o que fazer, ficam de mãos atadas, o que com que os filhos se sintam no poder.
Sabe-se que as crianças que crescem sem limites bem definidos tendem a se tornar adultos que não terão limites também, o que transformará suas vidas em um caos. Mas com técnicas, amor e paciência é possível transmitir uma boa educação para os filhos e assim conseguir ter mais tranqüilidade.
A primeira coisa a se fazer é conversar com as crianças e dar a elas um limite. Manter o que estabeleceu é muito importante para que fique bem claro para a criança que tem que ser daquele jeito. Muitos pais dizem uma coisa e depois por dó, mudam de idéia. Isso é prejudicial para a criança e para eles, porque a perca da autoridade nesses casos faz com que a criança volte para o mesmo proceder. Por isso é importante que você se mantenha firme.
É também é necessário que você não use de força para impor sua vontade, porque tudo aquilo que se usa de força para com as crianças tende a fazer com que elas tenham medo de você, e não respeito. Por isso sempre procure conversar e se não tiver jeito, dar alguma punição, só o que não pode é bater.
Insistência é fundamental. Não é por causa da insistência de seu filho que você acaba fazendo o que ele quer? Então use da mesma tática para com ele. Insista que ele faça o que você pede, vença-o pelo cansaço.
Quanto a punição, como já citado acima, ela não só pode mas deve existir. A criança tem que se aperceber de que está errada e que se continuar fazendo o que está fazendo ela terá uma punição. Mas essa deve ser feita sem violência. Você pode restringir ela de algo que goste muito, assim ela aprenderá a lição. Se você usar a violência seja em palavras ou em ações você terá que colher as conseqüências no futuro, onde ela não vai se lembrar da disciplina mas das marcas negativas por sua causa.
Faça com que ele preste atenção ao que você diz. Se a criança tentar desviar a atenção vá até a sua frente, afinal ela tende a prestar atenção ao que você diz e reconhecer a sua autoridade assim. Porém, é muito importante que ela reconheça a sua autoridade, e isso você só conseguirá por cultivar o carinho dela.
Fazer com que ele reflita no que insiste em fazer de errado também da resultados, pois ficar isolado fará com que ele pense melhor e reconheça seus erros.
Uma das coisas muito importantes para se fazer com as crianças é reconhecer seus esforços e premia-las. Quando ele obedecer e você reconhecer isso e fizer um agrado a tendência vai ser ele obedecer ainda mais.
Essas são algumas dicas para lidar com crianças difíceis. É importante que toda e qualquer atitude que você tenha seja a base de amor e carinho, pois certamente esse é o melhor caminho para se abrir as portas do coração de seu filho."


Outros textos sobre criançada:



Enviar um comentário