Como admirar o Barcelona e o Mourinho, Big Mou ou Special One ao mesmo tempo?




Quando falamos de futebol, uma das questões que me coloco, é: Como é que admiro o Barcelona e o Mourinho simultaneamente?

Barcelona
É perfeitamente possível. Existem motivos para admirar o Barcelona. Desde logo pelo jogo em si, com trocas de bola alucinantes, que têm a capacidade de trocar os olhos aos adversários. Este é o mais importante para quem vê os jogos do Barça, pois tem espetáculo e "nota artística" garantidos. A quantidade de jogadores da escola é outro dos motivos para admirar o Barcelona. Mas tudo isto existe, porque existe um motivo estrutural que não é tão mediático, mas que se reflete em tudo o que é Barcelona: a cultura. Esta cultura pode-se ver no texto seguinte: Barcelona, Mourinho e Guardiola. Até a nega do Barcelona ao Mourinho é motivo para admirar o Barcelona, comprovando que existem valores bem definidos e que as decisões estão associadas à cultura do clube. Guardiola enquadra-se perfeitamente nesta cultura. É um cavalheiro.

Mourinho
Por outro lado, há inúmeros motivos para admirar Mourinho. Em primeiro lugar é um português que não é piegas. É ousado. Não espera pelo D. Sebastião para resolver os problemas. Assume-se o D. Sebastião. Podíamos continuar a falar numa conjunto de caraterísticas, mas podemos olhar para os resultados. Existem e são ótimos. É pragmático, como se pode ver em: Campeão com vantagem de 1 ponto é suficiente. As equipas estão com ele, como se pode ver na famosa despedida de Materazzi:

ou pela disponibilidade de Drogba para partir uma perna por Mourinho.
Tem no Barcelona um dos clubes que mais influenciou a sua aprendizagem e, ao mesmo tempo, o seu clube cruz. Em confrontos diretos aparenta ter desenvolvido uma fobia que lhe tolhe as capacidades reconhecidas de contrariar os adversários. Mas sempre que um troféu não depende de um confronto direto com o Barcelona, é um dos maiores candidatos ao troféu, como se pode ver na fantástica aventura para o título espanhol: caminhada triunfal do Real Madrid.

Mix Explosivo
Claro que com estes condimentos, é fácil admirar o Mourinho (com os seus guerreiros lusitanos) e o Barcelona (com o seu mago das pampas). Qualquer campeonato com estes atores deste calibre tem que originar paixões e sonhos. Háverá alguém indiferente a esta mistura explosiva?
Enviar um comentário