o macaco que não sabia porquê, ou o macaco que gostava de cachos de bananas!



"Uma equipa de cientistas colocou cinco macacos numa jaula com um escadote no centro que levava a um cacho de bananas pendurado no teto. Quando um macaco subia a escada para apanhar uma banana, uns sensores ativavam uns jatos fortes de água fria que atingiam os que estavam no chão. Depois de algumas molhas, os macacos passaram a agredir e impedir qualquer um que tentasse subir a escada. Após algum tempo, nenhum macaco subia a escada, apesar do apelo das bananas ser grande.
Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez foi tentar subir a escada, mas foi cruelmente espancado pelos outros. Ao fim de pouco tempo, o novo elemento do grupo desistiu de subir a escada.
Cada um dos macacos foi substituído ao longo do tempo. A todos acontecia o mesmo: o macaco novato tentava subir o escadote, era violentamente espancado. Era espancado consecutivamente até que deixava de subir... Na fase final da experiência, todos os 5 macacos que tinham começado a experiência tinham sido trocados.
Na jaula estavam cinco macacos que, mesmo nunca tendo sido sujeitos aos jatos de água fria inicial, espancavam violentamente qualquer um que tentasse chegar às bananas.
Mesmo não sabendo porque é que ninguém podia subir o escadote e apanhar as bananas, continuavam a espancar quem tentava.
"



Com quantos casos destes já nos deparámos no nosso dia a dia? 
Quantos de nós fazemos determinadas atividades apenas porque sempre se fez assim? 
Quantos vezes fazemos determinadas atividades sem qualquer análise crítica?
Enviar um comentário