We Art

Paulo Moreira
Víctor Costa
Quando falamos de arte, Lisboa e Porto são as grandes referências. Diria que o expoente máximo é o  CCB em Lisboa e a Fundação Serralves no Porto. Existe dinâmica e projetos novos para manter a arte em movimento. A programação cultural do CCB e de Serralves são de uma qualidade acima de qualqeur suspeita. Agora, o CCB convida artistas portugueses a apresentarem propostas para a programação, o que é uma postura muito interessante. Esta centralização bicéfala da arte, torna ainda mais relevante o surgimento da We Art: uma Agência de Arte em Aveiro que pretende atuar na promoção e agenciamento de artistas, na consultoria e apoio ao mercado da arte e na promoção de mostras de arte e exposições.  Hoje foi a inauguração do sua primeira exposição e a apresentação oficial da organização. Um conceito muito interessante, que pode ser visto em http://www.weart.pt/. O primeiro ato oficial coincidiu com a inauguração da exposição dos artistas Víctor Costa e Paulo Moreira. Esta exposição estará em exposição de 24 de Fevereiro a 31 de Março. Que seja um projeto de sucesso e consiga provar que a Arte também pode ser descentralizada.
Enviar um comentário