Académica - só falta o quase



É uma enorme satisfação ver a Académica na final da taça de Portugal. Já passaram 43 anos desde a última vez que tal aconteceu. É tempo de euforia e de alegria no futebol. Espero que seja essencialmente dos adeptos. Que a estrutura do futebol e a equipa sejam lúcidos para continuar a trabalhar. E que a queima das fitas não atrapalhe os objetivos atuais da Briosa.

A Briosa fez jus ao nome e chegou à final da Taça! A maioria dos portugueses é um bocadinho da Académica. e a Académica está na final da Taça 43 anos depois. No entanto, há que ter a postura dos vencedores e ter a noção que ainda falta disputar a final. Ainda não se ganhou nada. Chegar à final é um marco importante, mas ganhar a Taça é que fará a diferença e permitirá fazer história.

Claro que estes momentos são importantes para que a região se reúna à volta da Académica. Mas uma vitória fará com que o número de adeptos/simpatizantes possa aumentar. As pessoas vão atrás dos bons resultados, como se pode ver com o Braga, um "case study" do futebol português que teve uma afirmação forte e rápida, sendo atualmente quase um grande. Relativamente ao Braga, diz-se que lhe falta uma base de apoio forte para poder ser mais um grande do futebol português. No caso da Académica, nota-se ainda mais esta situação. No entanto, a Académica foi recebida em Coimbra por centenas de adeptos Ontem foram centenas de adeptos; a 20 de Maio serão muitos mais!

O importante agora, é não ficar a descansar à sombra da bananeira. Como se viu, a Oliveirense, uma equipa aparentemente acessível, vendeu cara a sua derrota. A Taça é um troféu muito apetitoso. Pequenos e grandes querem ganhar e transcendem-se. Que esta taça de 2011/2012 tenha o seu lugar em Coimbra.
Enviar um comentário