futebol pacífico

Já aqui tinhamos falado do contributo das revistas e newsletters dos jornais desportivos para a pacificação do futebol. A seguir, apresenta-se mais uma situação que fundamenta a teoria.

O Borges, Benfiquista de Braga, depois de um escandaloso usufruto de uma desastrosa arbitragem, encontra o Paulo da Ribeira do Porto. O Paulo do Porto diz-lhe:  "Ó meu murcão, então e agora? Filhos de um punhado de notas de vinte! Falas muito mas vocês são levados ao colo! Se isto fosse no tempo de antigamente, era trigo limpo, farinha amparo!"! O Borges ainda tenta retorquir, mas não tem hipóteses. Mesmo tendo dificuldades visuais na ordem dos 95%, resultantes do clubismo, não dá para dizer que não! "É p´ra compensar a roubalheira dos últimos anos!" responde pouco convencido.
O Borges BB, vai ao Kioske do QuimZé, e tunga: compra o jogo! Põe a revista J à frente do Paulo RP. (ouçam o silêncio que se abate!......... Mais um pouco!)
O Borges BB saca do lenço encardido, fecha o queixo do Paulo RP e limpa-lhe a baba! De seguida, ficam os dois juntinhos a desfolhar o novo número da revista desportiva do a revista J do jornal "o jogo".!
Um belo exemplo da função da Newsletter J na pacificação do futebol português!
Enviar um comentário