Grupo Desportivo da Mealhada



Há 3 clubes de que eu gosto particularmente: O FC Porto, a Académica de Coimbra e o GDM da Mealhada.  Se tiver que os colocar por ordem, é simples identificar o primeiro: o GDM, sem qualquer dúvida a uma distância equivalente a anos-luz dos restantes. Este é também o único clube de que sou sócio. O segundo e o terceiro seriam, a muito menor distância, o FC Porto e a Académica, respetivamente. No entanto, se fosse sócio de mais algum clube, daria sempre prioridade à Académica, por questões de geografia e porque estou completamente convicto que a região  deve ser valorizada, mesmo que o coração bata mais forte por outras cores. Por este motivo, faço um esforço enorme para que os meus filhos sejam da Académica, antes de serem de qualquer outro clube. Aqui, estou claramente a subjugar o lado emocional, dando força ao racional.

Agora, há mais um motivo para acentuar a distância do GDM aos outros clubes: temos um presidente que quer resultados, mas que pretende acima de tudo, passar valores aos atletas do clube e fazer com que o clube seja orientado por crenças e  atitudes que são uma ode ao desporto no que de mais puro se pode obter do desporto. O Presidente, está a inculcar valores no GDM que podem fazer a diferença e no futuro originará melhores pessoas, logo uma sociedade melhor.

Não sei se vai conseguir fazer a diferença, mas já tem a minha admiração por tentá-lo. E, pelo menos ao nível dos resultados, começam a aparecer uns quantos bem interessantes.

A mensagem que hoje passou, é absolutamente impressionante, e tem origem num dos maiores presidentes dos Estados Unidos da América. Sei que tenta, todos os dias, fazer destas palavras ação. Pode nem sempre o conseguir, mas com certeza que o vai conseguindo fazer cada vez com mais frequência.

Parabéns Presidente Luís Oliveira! Parabéns Grande Licas!
Passo a transcrever a mensagem do Presidente:

"Carta de Abraham Lincoln para o professor de seu filho:

“Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, para cada egoísta, há um líder dedicado.
Ensine-o, por favor, que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-o que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada.
Ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso.
Faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales.
Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.
Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.
Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho. Ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.""
Enviar um comentário