Aluno do 5.º ano copiou com a ajuda da mãe, ou o estado da Nação!

O grande problema da educação em Portugal, e que tem um elevado contributo para a situação social, económica e a tão propalada crise de valores da sociedade portuguesa, passa muito pelo comportamento, pela educação (não a académica) e pelo civismo dos país. Este é apenas um exemplo de uma excelente forma de transmitir valores errados:  Aluno do 5.º ano copiou em teste com a ajuda da mãe através de mensagens escritas.

Estes casos não acontecem apenas aos outros, como é retratado em quem quer ser uma TV?, estando todos nós sujeitos a cometer actos com consequências futuras imprevistas. Logo à partida, a mãe ajudar o filho a copiar, incute de não olhar a meios para atingir os fins, e mais grave, retira o sentimento negativo que poderia estar associado ao acto.
Assim, cada vez vão ser menos surpreendentes situações como  justica é cega: mais um prego!, e a selva, ou a lei do mais forte que imperava no velho oeste selvagem, vai-se instalando paulatinamente.
E hoje, devido a estas situações e a muitas outras, já se chegou a um estado que se acredita ter os seguintes contornos:

Outros contributos:
http://www.publico.pt/Sociedade/administradores-de-hospital-fechado-ha-quase-dois-anos-ainda-recebem-salario-1520351
http://www.publico.pt/Sociedade/tribunal-comecou-a-ouvir-armando-vara-no-julgamento-da-face-oculta-1520147
http://www.publico.pt/Sociedade/jose-penedos-nega-ter-dado-informacoes-ao-seu-filho-1520389
Enviar um comentário