Adão e Eva no Paraíso


Esta é uma das últimas oportunidades de escrever alguma coisa sobre Sarkozy. Creio que vai ser mais lembrado por ser marido da Carla Bruni, do que pelo seu legado político. Não poderia deixar de partilhar este texto 

Depois de mais uma reunião da UE alguns Ministros, para "aliviar" a pressão, resolvem passar pelo Museu do Prado em Madrid e, alguns deles param meditando perante a excelente pintura de Adão e Eva no Paraíso.
Desabafa Angela Merkel:
- Olhem, que perfeição de corpos: ela esbelta e esguia, ele com este corpo atlético, os músculos perfilados... São necessariamente estereótipos alemães.

Imediatamente Sarkozy reagiu:
- Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende de ambas as figuras... ela tão feminina... ele tão masculino...Sabem que em breve chegará a tentação... Só poderiam ser franceses.

Movendo negativamente a cabeça, o David Cameron arrisca:
Of course not! Notem... a serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto. Só podem ser ingleses.

Depois de alguns segundos mais de contemplação, Passos Coelho exclama:
- Não concordo. Reparem bem: não têm roupa, não têm sapatos, não têm casa, só têm uma triste maçã para comer... não protestam e ainda pensam que estão no Paraíso. Não tenham a menor dúvida, são portugueses!


Talvez se Sarkozy não tivesse sido um acólito de Herr Merkel, ainda pudesse ser recordado. Bem, independentemente do seu legado, é óbvio que prefereria sempre ouvir a sua cara metade do que o sarkozy. Eis uma justificação sublime para tal:

E tu Carla Bruni? Não nos deixes! É mais fácil pensar que estamos no Paraíso se formos embalados por vozes como a tua! Que o novo presidente de França faça o seu trabalho e te dê condições para continuares a encantar!
Enviar um comentário