não há almoços grátis... nem tolerâncias!

O Bartoon, tira de banda desenhada que sai no jornal público, consegue explicar de forma exemplar porque chegámos a este estado!

Partindo do princípio globalmente aceite de que "não há almoços grátis", vamos aguardar o preço desta dávida do "nosso querido líder". Ainda se lembram do que aconteceu quando foram aumentados os funcionários públicos antes das últimas eleições legislativas? Não contemos com o pagamento desta tolerância de ponto para já, mas depois das eleições veremos. E estou convencido que os juros não vão ser leves!
Enviar um comentário