Gravatas

Arriscaria dizer que a gravata é um acessório intemporal.
Mas está na moda aligeirar a formalidade e solenidade, o que não critico e até me agrada. (falta apenas tirarem os doutores e engenheiros). Assim, justifica-se tirar a gravata. Ainda por cima, ao retirar a gravata do código do vestuário, está-se a promover a sustentabilidade, através da redução de energia gasta para manter o ambiente fresco, e diminui-se os custos em medicamentos utilizados para que as senhoras se tratem, depois de dias a levar com uma brisa gelada, capaz de fazer doer o mais denso esqueleto.
O delito de opinião apresenta alguns argumentos sobre como ficar impecável, mesmo não usando a gravata, precisamente aqui!
É importante que cada um saiba quando utilizar ou não. Claro que usar ou não com base num decreto facilita a decisão.
Sem entrar no âmbito do contraditório e do argumentário, ficam aqui alguns motivos para gostar de gravatas.













Enviar um comentário