quem ganha com o orçamento?

O orçamento, aparentemente já foi entregue. Aparentemente foi entregue por fases. Finalmente os partidos poderão analisar e decidir. Aparentemente as opções de voto são apenas “aprovar” e “abster”. Assim o orçamento será aprovado, independentemente de ser um bom ou um mau orçamento. Na prática as opções são aprovar ou deixar passar. Mas há mais uma possibilidade de voto, que é votar contra. Então será vantajoso analisar as consequências da votação do orçamento:
PS Orçamento Aprovado: Fica satisfeito. Independentemente dos méritos ou deméritos, é uma vitória política, que demonstra a sua vitalidade! Orçamento não aprovado: É um revés! Não é que no fundo não considerem o orçamento mau, mas é o seu!
PSD Orçamento Aprovado: Tem que engolir não um sapo, mas um elefante. Fica a ideia de que as pressões foram mais fortes do que as convicções Orçamento não aprovado: Apesar da vitória política, tem que ser muito bem explicada a não aprovação e ser claros no que fazer daqui para a frente. A possibilidade de eleições no mais curto espaço de tempo possível, com este peso às costas, não será fácil.
País Orçamento Aprovado:Ter um orçamento mau e penalizador para a generalidade, só pode deixar a generalidade infeliz. Orçamento não aprovado: Ter um orçamento não aprovado, mesmo sendo mau, segundo a maioria dos “líderes de opinião”, é o caos. O caos não pode deixar a generalidade feliz.
Europa Orçamento Aprovado:Tudo na mesma, tudo bem! Não há aqui Viriatos. Orçamento não aprovado:Como é que é possível? Estarão armados em albaneses! Não sabem os financiamentos que temos proporcionado! Quem é que lhes disse que existe autonomia? Quando começarem os orçamentos semestrais vão ver “como elas mordem”!
Sócrates Orçamento Aprovado: Bem, já era o esperado! Vou ter que aguentar mais uns tempos nestas chatices, com esta escumalha! Chatice! Qual será a próxima oportunidade para ir embora? Orçamento não aprovado: Porreiro pá! Estava difícil! Acabaram de me dar a melhor notícia que podiam ter dado! Pensava que isto era como no Simcity, mas estes gajos contestam mais ainda! Agora desenrasquem-se! Agora é que vai ser! Ser ex-PM é bem melhor!

Desta análise há alguns pontos que saliento:

- Estou convencido que o Sócrates está com um enorme desejo de se ir embora!
- No país (todos nós) vamos levar bordoada, seja qual for a opção! A sorte é que já estamos habituados e temos um Porto vs Benfica para breve. E isso é que é fundamental!


E por fim uma questão: Qual é o problema real de um mau orçamento não ser aprovado? Já ouvi muitas e distintas pessoas a dizer que é caótico e que não pode ser. É raro ouvir dizer porquê. Apenas alguém disse que seria mais difícil o acesso ao crédito. Isso não é necessariamente mau!
Não será importante definir claramente os impactes que estas decisões terão? A da aprovação tem sido discutida e a não aprovação? Há alturas que não ter acesso a crédito não será melhor? Claro que se os impactes forem na saúde, ou educação, temos que ter cuidados, mas há factores críticos afectados? Ou será apenas sobre obras, que terão que ser adiadas?


Gostava de perceber um pouco melhor, mas não parece haver interesse em falar nisto. É o caos e é mesmo o caos! Porquê? Porque sim! Assim não dá!

Mas o melhor é encarar isto com humor, porque teremos tempo para carpir. Assim sendo, vejam as soluções propostas pelo inimigo público. Esta é particularmente engenhosa.
Enviar um comentário