Percebo-te, amigo Soares!

Até a 200km/h
A minha simpatia por ti, Mário Soares tem aumentado, desde que deixaste de ser Presidente da República. Apenas houve uma interrupção quando tiveste uma recaída e resolveste recandidatar-te! Mas já passou!

Compreendo-te perfeitamente, amigo Soares! Como é que esta malta ousa dizer cobras e lagartos desta situação? Tenho a certeza de que existem motivos mais do que válidos para que possas andado a essa velocidade! Tu não! O teu motorista! De repente, lembro-me de pelo menos dois motivos plausíveis para a velocidade a que circulavas. Tu não! O teu motorista!
É provável que o Principado de Liechtenstein tenha ameaçado declarar guerra à República Portuguesa, e que todos os ex-presidentes tenham sido chamados para reunião de emergência. Tu, como é teu apanágio, estás sempre alerta e respondes a grande velocidade.
É também provável que um familiar chegado tenha sido mordido por uma cobra coral e tu, precavido como todos sabemos que és, trazes sempre um frasco de antídoto para cobra coral no bolso. Qual de nós não socorreria a toda a velocidade um familiar querido?

Sei que existem outros motivos de foro confidencial, como figura grande e exemplar da Nação tem sempre. Ainda me surpreende o desaforo com que te criticam por não defenderes o motorista! Afinal, ele é profissional ou não? Tu não tens a obrigação de saber a velocidade máxima das diferentes vias de circulação. Ele é profissional, deveria saber. Afinal, se o mandasses atirar-se a um poço, sabemos que ele não iria. Ainda queriam que fosses tu a arcar com a responsabilidade da velocidade? E o carro? Não é do estado? Claro que sim! Então o Estado que pague a multa! Era só o que faltava! Depois aparecem jornalecos a noticiarem estas coisas: Mário Soares viajava a 199 Km/hora! Como se interessasse a alguém!

É por estas e por outras que o país está como está! Se olhassem para os seus problemas e deixassem de ser invejosos! O que é que eles têm a ver com isso! O Estado paga tantas coisas! Por que pôr em causa uma multa a alguém que tanto fez por esta praia?

É assim, amigo Soares, enquanto não valorizarem as pessoas em vida, não vamos a lado nenhum. E se há alguém que merecesse ter sido reconhecido em vida, esse alguém eras tu! Ainda vão a tempo, mas parece que esses imberbes não têm grande vontade!

Eu, por mim, agradeço-te todas as palavras e conversas com que nos tens presenteado. Palavras sábias e que todos deveríamos ter como orientação de vida! Sensíveis e preocupadas com os mais necessitados! Só lamento que não tenhas tido oportunidade de pôr em prática o que apregoas! Sei que estaríamos muito melhor!

Despeço-me com um SoundByte que ouvi várias vezes e que resume o que deveria ser o sentimento de todos relativamente a ti, se houvesse justiça:
"Soares é fixe! E o resto que se lixe!"
Enviar um comentário