João Gobern é benfiquista? WHAT?


A notícia que mostra João Gobern a festejar o golo do benfica, no programa da RTP Zona Mista, em JG dispensado por ter festejado golo do benfica foi mal tratada pela RTP. Não devia ter sido dispensado, mas devia ter sido dado um voto de louvor, pelo contributo para a transparência.
Vamos falar por partes:

1. João Gobern: tenho simpatia pela personagem e considero-o uma pessoa interessante e com ideias interessantes. Ouço-o algumas vezes no hotel Babilónia e agrada-me. No que respeita às suas opiniões relativas ao futebol, normalmente irrita-me. Irrita-me mais ainda por sentir que há ali "rabo escondido com o gato de fora" (onde é que já ouvi isto). Irrita-me mais ainda, por muitas vezes, ter opiniões que contrariam a minha opinião. Claro que sim, é de um clube diferente. Parecia-me que, por vezes, defendia o indefensável. Quando defendemos um clube, isto acontece. A irracionalidade aparece. O que contrariava a sua postura noutros foruns. Acredito que JG devia sofrer. Estava por dentro em ebulição para defender as suas cores, e não o podia dizer frontalmente, tendo que o fazer como se fosse o mais imparcial dos comentadores, mas não o conseguindo, obviamente. Ainda bem que este jogo ocorreu durante o programa e que esclarecemos posições. Prefiro ouvi-lo sabendo claramente que defende uma posição e um clube, do que um falso imparcial.

2. RTP: Esta seria uma excelente oportunidade para que a RTP obrigasse todos os comentadores a colocar um carimbo na testa com a cor que defendem. Correndo o risco de ser injusto, não acredito em comentadores imparciais. Mas parece que é mais aceitável o politicamente correto e as falsas isenções do que assumir claramente que se tem preferências. Desconfio sempre que aparece um comentador a tentar mostrar que não tem preferências. A transparência não deve ser só falada, mas deve ser praticada. A RTP faria serviço público se aproveitasse este momento para promover a transparência no futebol. Seria o cumprimento de serviço público. Seria o cumprimento da sua missão.

3. Paineleiros: Talvez seja esse o motivo por que me agradam mais os programas com um painel com um comentador de cada clube. Assim, é mais fácil simpatizar com o Eduardo Barroso ou com Fernando Seara. Com Rui Oliveira e Costa ou com Júlio Machado Vaz. Sabemos que são parciais, como qualquer um de nós o é. Desta forma, entendemos melhor as suas posições muitas vezes facciosas e enviesadas. Ao contrário das nossas que são, normalmente, um exemplo de isenção e imparcialidade :)!

Para acabar em grande, vamos ver o assumir das suas tendências por parte do JG:
Enviar um comentário