Nós e os outros

Marta Crawford, tal como Júlio Machado Vaz estão rotulados como especialistas de sexo. Gosto de ler e/ou ouvir as suas crónicas. Apesar da sua especialidade assumida, falam essencialmente de relações. E o nosso relacionamento connosco e com os outros é determinante na nossa felicidade e bem-estar. É bom termos momentos em que olhamos para o nosso umbigo, é o primeiro passo, mas não chega.
A Marta (desculpa-me a familiaridade, mas neste espaço todos se tratam por tu) escreve um pequeno artigo e simples, mas que resume muito do que poderia ser a nossa acção para melhorar o nosso quotidiano e o dos que nos rodeiam.

Ficam algumas das frases que considero mais potentes:
  • "A sua acção pode influenciar o "todo" e vice-versa, e com a sua acção fazer a diferença."
  • "Chega! Estou farta de gente que se queixa e que se recusa a agir."
  • "Ninguém nasce só, e seria bom que ninguém tivesse de viver só! Temos de encontrar o zoom interno para sermos muito mais que simples sombras que caminham para lado nenhum."

Enviar um comentário