Bom Natal e que 2012 vos traga tudo o que desejam!

Pai Natal, espero que este e-mail ainda vá a tempo de satisfazeres as necessidades deste teu cliente de sempre. Envio por e-mail para ser mais rápido. Já tem assinatura digital reconhecida. Espero que tenhas produzido para stock e te tenhas deixado daquelas ideias loucas de produzir por pedido. Também tenho esperança que trabalhes com margens de segurança para fazer face a encomendas de última hora e que o just in time seja uma buzzword sem sentido para ti. Sabes que eu, como bom lusitano, ando sempre tão ocupado, que não tenho tempo para te pedir antecipadamente o que quer que seja. Sabes que apago fogos a todo o momento, por isso, não exijas antecedência. Sabes que isso é complicado. Como é que achas que descobrimos o caminho marítimo para a Índia? Com planeamento? Não sejas ingénuo. Sabes bem que, uma das nossas grandes qualidade, é fazermos bem sem planeamento. E à última da hora, de preferência. assim, para além do engenho, há também emoção. Porque é que achas que se encontram tantos lusitanos por esse mundo fora, numa redoma de vidro com a frase "partir em caso de emergência"?
Mudando de assunto, e sabendo que mudaste a tua sede para as ilhas Caimão - local para onde, incompreensivelmente, emigraram os professores portugueses, deixando a ilha da Madeira para trás - envio-te o e-mail que te encontra em qualquer local, tal como a Felícia Cabrita encontra qualquer estripador.
Como? Não aceitas pedidos para EuroMilhões ou qualque outro jogo da sorte? Não és um génio da lampada de Aladino?
O quê? ainda por cima tenho que pagar o serviço de entrega? A palha do Rudolfo e seu gang não está barata? Ok, ok. Mas sem factura, que não quero pagar IVA!
Abraço e vê lá se vens antes das 10 da noite, que quero cear com um i-qualquer+coisa a funcionar em pleno!
Enviar um comentário