Earworm XVII

«Uma obra de arte é o resultado singular de um temperamento singular. Sua beleza provém de ser o autor o que é, e nada tem a ver com as outras pessoas quererem o que querem. Com efeito, no momento em que um artista descobre o que estas pessoas querem e procura atender a demanda, ele deixa de ser um artista e torna-se um artesão maçante ou divertido, um negociante honesto ou desonesto. Perde o direito de ser considerado um artista. (...) Sozinho, sem consultar ninguém e livre de qualquer interferência, o artista pode dar forma a algo de belo; e se o não faz unicamente para sua própria satisfação, ele não é um artista de maneira nenhuma.» Oscar Wilde, in 'A alma do homem sob o socialismo' 
 
«You have the music and you have the composer. Who drives whom? If, for example, the music drives the composer, then all will be honest and healthy. If the composer drives the music, then all will be dishonest and "record business". It's easy! Music is the most important thing. I'm serving music.» Evángelos Odysséas Papathanassíu, (Vangelis
 
 
Ainda temos artistas...
 
 
To The Unknown Man - Vangelis

 
Enviar um comentário