grandes obras do euro 2012

Hoje o dia da final do Euro 2012 e Portugal está representado, não pela sua (nossa) seleção nacional mas, por um dos árbitros do seu campeonato. Qualquer dos finalistas tem grandes equipas, excelentes executantes e autênticos artistas da bola. Assim, há que aproveitar o domingo e estar preparado para um fim de tarde com um previsível grande jogo. Que ganhe o melhor e que corra bem à arbitragem portuguesa, já honrada recentemente com a presença na final da Liga dos Campeões, através deste mesmo Pedro Proença. 

Enquanto o Pedro Proença não dá ordem de início, vale a pena ver as obras fantásticas que são os estádios que foram utilizadas nas meias-finais (Donbass Arena e Estádio Nacional de Varsóvia) e o que será utilizado na final deste Euro2012, o Estádio Olímpico de Kiev. Estas construções são algumas das mais marcantes obras no que respeita à arquitetura contemporânia, não só pela dimensão que têm, mas também pelo mediatismo associado e pela utilização dada. São os "Coliseu de Roma" contemporâneos e ajudam a operacionalizar a política intemporal e transversal do "pão e circo". Comportam frequentemente espetáculos desportivos e outros grandes eventos extra-desportivos, sendo neste caso utilizados em concertos de protagonistas de grande dimensão artística. 

Donbass Arena - Donetsk



Estádio Nacional de Varsóvia



Estádio Olímpico de Kiev



Enviar um comentário