O renascimento de uma paixão


Dez anos... Mais de dez anos, o tempo que estive afastado de uma paixão...
Quem nunca teve uma paixão? 

Eu tenho várias e, finalmente...Finalmente, voltei-me a encontrar com a Bicicleta!

Circunstâncias imprevisíveis, fizeram com que 3 se juntassem para uma aventura de bicicleta, subindo o Mondego. Foram duas horas... Foram 30 quilómetros... Foram dores em sítios não referenciáveis... E nas pernas também! Foram, acima de tudo, duas horas de relaxamento puro, de contacto com paisagens inacessíveis a quem viaja pela mesma estrada de carro. 

Eu, com a bicicleta mais fraca, as pernas mais perras e os pulmões menos trabalhados, lá me aguentei a custo! No final da jornada, uma sensação de alívio, de vitória e uma motivação enorme para continuar a andar, de forma mais regular.
Claro que esta motivação só é possível devido a um grupo que desde o início tornou claro que ninguém ficaria para trás... Partiu-se em grupo, a chegada seria com o mesmo grupo. Este é um dos princípios das equipas de sucesso! Obrigado companheiros de pedalada! Foram mais importantes do que possam pensar para renovar a vontade de pedalar! Diria mesmo determinantes!!

Outro dos aspetos muito interessantes, é a cordialidade entre ciclistas. Todos se cumprimentam, em estrada. Muitos dos habitantes das aldeias por onde passámos, cumprimentavam os ciclistas que passavam! Muito positivo! 

Não é habitual ver este sentimento de comunidade no dia a dia! 
Não é habitual andar sem a pressão do relógio no dia a dia!
Não é habitual observar paisagens com tanta atenção no dia a dia!
Não é habitual passar minutos sob aves de rapina no dia a dia!

Vai passar a ser mais habitual!

Sinto renascer uma paixão antiga!
Enviar um comentário