Carnaval da Bairrada, na Mealhada: de volta às origens!

O Carnaval da Bairrada, na Mealhada, é fantástico! Gera paixões e bairrismos que conseguem manter unidas muitas pessoas, mas é importante ver a camaradagem entre os elementos da generalidade dos grupos que se apresentam. É fértil em polémicas e uma das mais presentes é debate intenso e apaixonado entre os defensores de ter um corso com um percurso no centro da cidade ou ter o corso no sambódromo. Não é debate que me faça perder muito tempo. As Comissões de Carnaval têm feito o seu percurso e acredito que fazem com a intenção de engradecer mais ainda o Carnaval da Bairrada/Mealhada.

Mas foi muito bom ver um corso a passar novamente no centro da Mealhada. Quem sabe se esta é uma solução a aprofundar no futuro, pois todos poderão ficar satisfeitos com uma solução mista. Por um lado, um corso mais profissional, com concursos e com um palco (o sambódromo) com as condições para apresentar um trabalho sério e com muitos meses de empenho e trabalho sério, por parte de vários atores do Carnaval e, por outro lado, um corso mais popular e mais interativo e participativo, a realizar-se no centro da Mealhada. O Carnaval da Criança foi muito bom, e veio provar que existe um espaço muito interessante e mobilizador de muita gente para um corso com estas características. Eu próprio, representando Mealhada Sul, levei dois catraios de escolas de Coimbra, que ficaram entusiasmados por desfilarem. Foi à margem da organização, mas este corso permite esta "intrusão" no desfile que deixa todos felizes. As escolas de samba e outros grupos aproveitaram, e bem, para ensaiar as suas músicas em ambiente real e muitas pessoas estavam radiantes com o reviver do Carnaval no centro da Mealhada. Por mim, gostei imenso, e ver que existem mirins com muito potencial para assegurar as gerações futuras deste evento é muito importante.

Ficam as imagens possíveis (este corso começou mesmo a horas), com preparativos incluídos e o regresso a casa, passando por alguns momentos do corso e pelos representantes da Real Imperatriz, cujo regresso ao desfile sénior como Escola de Samba seria, com certeza, saudada com alegria:















Enviar um comentário